2020  O ano apostólico da visão perfeita

Texto chave:
Marcos 8:22-26 (ler na versão Almeida Revista E Atualizada)
2020 será a primícia da década! Precisamos receber após o ano da Herança, a precisão, a nitidez de uma visão celestial para administrar, prosperar e multiplicar essa herança. Tempos em que a visão perfeita nos conduzirá para um alinhamento de propósitos, para uma vida que não se moverá apenas por aqui e agora, mas nos moverá a uma nitidez e precisão para enxergarmos 2020 como a primícia da década!
No ano de 2020 seremos muito mais definidos no propósito, libertos da infantilidade que apenas quer usufruir da herança como garimpeiros, exploradores, meninos que precisam ser tutoreados e administrados, pois não possuem maturidade para herdar a herança celestial.
Em 2020 seremos muito mais semeadores, plantadores do que colhedores! Lembrando que a semeadura é uma colheita, pois se estamos semeando é porque temos a semente que foi colhida e entregue a nós!
A nossa visão será ampliada a olhar nitidamente, não mais de maneira embaçada! Seremos como os administradores de talentos que não terão medo dos desafios! Não enterraremos os talentos nos buracos de preservação gerados pelo medo e por uma visão embaraçada, não clara, mas seremos aqueles que clamarão por uma visão, uma segunda unção que nos tornará visionários e geradores de uma década!
A decisão de tornar 2020 o ano da primícia da década, trará no reino espiritual um portal com novos movimentos proféticos, maiores níveis de obediência, fidelidade e sacrifícios pelo propósito estabelecido.
Não permitiremos o congestionamento das palavras proféticas, dos talentos e da visão.
Levaremos as profecias e as Escrituras Sagradas no lugar de honra e não de coadjuvantes na nossa vida!
Com a visão nítida, poderemos medir qual a força necessária, qual o tempo preciso para cumprirmos as etapas para os avanços do reino.
Não seremos tomados pela murmuração dos homens breves e rasos. Esperaremos o tempo e as épocas para as colheitas!
Seremos como os filhos de Issacar que discerniam as eras e as épocas e por isso governavam sobre o povo.
Novos parceiros, discípulos, novas e maiores provisões, prevenções e cuidados nos cercaram, pois não estaremos como os breves e precipitados que querem o aqui e agora!